Antes / De mãe para mãe

O que você mudaria numa segunda gestação? Uma lista de atitudes que não quero repetir com o segundo filho Denise Freitas

28 de novembro de 2013

O que você mudaria numa segunda gestação?

A verdade é que sempre teremos o que "por e tirar" de cada vivência.

Quem é mãe de primeira viagem sabe que aquela famosa frase “quando nasce um bebê, nasce uma mãe” não é 100% real. Na verdade, nos tornamos mãe a cada dia, na busca contínua de uma maternidade possível, melhor e mais consciente.

E quando se tem uma criança acima dos três anos, conseguimos discernir bem aquilo que deu certo versus aquilo que não faríamos novamente na segunda gestação. Ao menos eu me pego a pensar nisso vez ou outra.

Na minha cabeça, a lista seria mais ou menos assim:

  1. Usar sling desde recém-nascido;
  2. Dar banho no balde;
  3. Deixar a casa menos silenciosa na hora do sono diurno. Ter um pequeno que só dorme no silêncio absoluto é complicadíssimo;
  4. Deixar mais o bebê no chão, brincando no tapetinho.
  5. Não acordar a criança na madrugada para dar de mamar (só se não estiver tudo bem com o peso).
  6. Mesmo depois dos 18 meses, suco só natural ou, quando necessário, integral, orgânico e sem adição de açúcar.
  7. Preferir água ao suco.
  8. Iniciar cama compartilhada pelo menos na hora de fazer dormir.

Claro que a gente aprende com os erros e passa a ter mais conhecimento com a experiência vivenciada, mas será que a tal lista adiantaria? No fundo, acho que podemos ter 10 filhos e sempre teremos o que “por e tirar” dessa vivência, não é mesmo?

E você, mãe, o que não faria de novo?

denise-freitas-2.png

A jornalista Denise Freitas é agitada, estabanada e dona de uma risada inconfundível. Além de crianças, é apaixonada por animais, mas confessa ter uma queda por felinos. Casada com o paizão William e mãe da falante Manuela - de 3 anos, procura equilibrar a vida de empresária, mulher, mãe e autora do blog Mamy de Primeira.

Deixe o seu Comentário


  • Claudia Rodrigues

    Eu não faria de novo uma cesárea. Respeitaria a hora que o meu filho quisesse nascer, mesmo com 42 semanas! E não usaria anestesia!

  • elisiane mueller da silva

    eu sempre fiz a minha filha dormi com musicas altas,toda vida fui em festas.a primeira festa que ela foi ela não tinha nenhum mes ainda.e com esse que nasce semana que vem eu vou fazer td igualll!!!!e hoje ela tá com 1 ano e 9 meses!!!!!


Editoriais em Destaque

O que levar na bolsa do bebê

14 de outubro de 2013

Uma lista completa de itens que precisam ser levados nos passeios

20 formas de usar o lenço umedecido

4 de novembro de 2013

As funções desse produto vão muito além da higiene do bebê. Você vai se surpreender

Dicas de vídeos para as crianças

4 de março de 2013

As maiores especialistas no assunto (as mães) contam pra nós quais são os vídeos prediletos dos pequeninos e o resultado é uma lista que garante a diversão da meninada.

Mensalão: entenda de forma fácil esse escândalo

4 de julho de 2013

Um texto feito para você compreender o cenário político do país onde criamos nossos filhos

Galeria Mulher e Mãe