Antes /

Significado dos nomes de bebês Como você escolheu os nomes dos seus filhos? Carol Baggio

23 de julho de 2013

Significado dos nomes de bebês

Os nomes podem até ser iguais, mas cada bebê é único e "intransferível"!

Significado dos Nomes de Bebês”. Sempre que eu passava perto de uma banca de jornal pelas ruas do centro de Campinas, achava super engraçado os livros com esse título. Em geral, verdadeiras enciclopédias, com uma lista interminável de nomes. Ainda não havia internet (#tôvelha, gente!), e quando folhava e via aquele tanto de opções, como uma boa libriana que sou, pensava que isso me deixaria ainda mais confusa “se um dia tivesse filhos” (eu via a maternidade como algo muito distante na época!). Hoje, na era do mundo virtual, a mesma lista de significado dos nomes de bebês existe firme e forte em inúmeros sites na rede. Basta um google para encontrá-las.

Mas eis que, eu estava pensando (grávida divaaaga…) sobre as escolhas aqui de casa. Não consegui me lembrar em que momento decidimos que Nina seria o nome definitivo. Abre parênteses: o André tinha plena convicção que seria menino e chamava minha barriga de João desde o primeiro dia que descobrimos a gravidez. Se vocês vissem a cara de tacho surpresa que ele fez quando descobriu que era menina, olha, devia ter gravado! Fecha parênteses. Eu sei que Nina era meu apelido de infância, mas daqueles só de família. E mesmo assim, poucos ainda me chamam de Nina – meus tios e minha madrinha. Eu gostava de Alice, sempre gostei, mas em algum momento veio o “Nina” e ficou…

Do Bento, a gente pensou primeiro em João – que teria sido a Nina, hehehe. Mas aí eu falei que achava que não, que cada bebê tem sua história, que cada um é um, já não queria mais o nome João. Minha única exigência foi de ser um nome simples e pequeno, para combinar com Nina. E aí a gente fez uma listinha com algumas opções (ok, deixei que João entrasse na lista) e o André fez a Nina sortear. Sim, houve sorteio, 3 vezes. Mas também houve fraude, porque  o André (que era quem tinha direito maior pela escolha, já que era menino – esse era nosso acordo), influenciou na escolha pra Bento. No fundo, acho que ele já tinha se decidido, assim como eu, que por um clique, senti que minha menina se chamaria Nina.

Aí, sobre o lance dos significados… Eu fiquei pensando que, independentemente do que diz um livro, o nome dos filhos vem muito do nosso coração. Eu nunca imaginei ter uma dupla Nina e Bento por aqui, e eles apareceram. E incrível, eu olho pra Nina e não consigo imaginar outro nome! Depois dos nomes já escolhidos, acabei indo procurar o significado deles: não me empenhei demais nessa busca, confesso, mas entrei num portal de maternidade, cliquei em um link sobre nomes de bebês e fucei: para Nina, aparece “garota graciosa”. Adorei! Para Bento, a definição é “abençoado”. Que assim seja!

E vocês, como escolheram os nomes dos seus filhos?

carol_interna

Jornalista de Campinas que, apesar de morar desde 2002 em São Paulo, continua puxando o erre. Vive de dieta e adora protetor solar com base. Carol Baggio é libriana, acha que é uma pessoa um pouco indecisa, talvez. “Amasiada” com o André, mãe da Nina e autora do blog Nina Ensina.

 

 

 

 

 

Deixe o seu Comentário


  • Eliane Amurin

    Comigo, Giovanna sempre foi o nome escolhido desde que namorava com meu marido. Nome de menino não tínhamos decidido ainda, e quando engravidei torci para que fosse menina, pq menino eu queria Lorenzo e meu marido não rsrsrsr então chegou o grande dia de saber o sexo do baby, e foi uma meninaaaaaaaaa…rsrsr Ai meu marido sugeriu fazer uma homenagem ao avô materno que se chamava Valentin, então decidimos que nossa menina iria se chamar Giovanna Valentina, que hoje está com 10 meses linda de viver!

  • Mariana Bertalot

    Com toda certeza o nome tem mais da historia da criança do que com o significado kkk
    Bjs
    Mari
    #amigacomenta

  • Débora Araújo

    Eu sinto a mesma coisa quando olho para minha Ana Luiza Carol! Não a imagino com outro nome… A primeira escolha era Luiz por causa da música do Tom (que eu adoro) mas como gosto de nome composto veio o Ana para completar! Beijo


Editoriais em Destaque

Como escolher a escola

23 de janeiro de 2013

Perguntamos para as mulheres e mães quais são os pontos importantes para escolher o colégio das crianças

Socorro, meu filho não quer fazer inalação!

20 de dezembro de 2013

Essa hora costuma ser traumática? Então, dê uma olhadinha em nossas sugestões

Conselhos para quem vai ter um bebê

25 de fevereiro de 2013

A primeira viagem de uma mãe é inesquecível, mas ela é sempre envolvida por amor, dúvidas e um bocadinho de ansiedade. Então, para te ajudar, perguntamos para algumas mamães que já estão na estrada, que conselhos elas dariam. Vamos?

Amamentação: somos mais que um par de peitos

2 de dezembro de 2013

No momento mais sensível, temos que tomar uma decisão: amamentar ou não

Galeria Mulher e Mãe