Depois / Maternidade Real

Criança birrenta que se joga no chão Criança = meu filho, rs. Fabiana Deziderio

5 de julho de 2013

Criança birrenta que se joga no chão

E mesmo que eles aprontem a gente ama, e ama e ama!

No capítulo anterior, falei sobre a deliciosa, amada e idolatrada fase de falar toda a verdade, nada mais que a verdade. Quer passar vergonha? Então, clique aqui.

Episódio 61: Água mole em pedra dura… Joaquim, para de se jogar no chão!

É minha cara webspectadora… Sou obrigada a assumir que estou ENLOUQUECENDO com essa história de Joaquim mergulhando no mármore, no concreto, no granito, no qualquer coisa que tenha como sobrenome “Solo”.

Eu não saquei se o chão é mais perto, se ele quer mostrar que é bom pacas no jogo da criança birrenta. Só sei (que nada sei) que essa mania é I-N-S-U-P-O-R-T-Á-V-E-L e que faz parte da: micro-pseudo-adolescência-chata-pra-cacete.

Terça agora, ele decidiu deitar no chão do “shops” e, além de esparramar seu 1 metro e 4 centímetros , distribuídos ao longo de 14 quilos (Posso falar que ele é magro de ruindade? Vou pro inferno?), ele fez questão de abrir os bracinhos e as perninhas. Ah! Que cena apocalíptica!!! E vou mais além, as línguas de fogo profetizavam: a catástrofe estava bem na minha frente. Bom, na verdade era fácil prever: um menino no meio de caminho e uma garota feliz digitando em seu celular. 3,2,1 (ver vídeo).

E quando a coisa estava prestes a rolar eu disse (calmamente): “Moça, cuidado!”, e ela desviou fuzilando o meu lindo rostinho com resquícios de botox.

Pausa: O que alivia “nessazora” é que ela, provavelmente, vai ter filhos, e quando acontecer… estarei vingada… Fim da pausa.

Ah! Por que eu não tirei Joaquim? Porque nessa fase a gente precisa de mais de 15 minutos de argumentação contínua, salvo que você, literalmente, arranque o elemento do chão. E ontem eu estava tão cansada, tão destruída, tão bico do corvo, pó da rabiola etc, etc, etc, que achei por bem agir naquilo que me parecia mais fácil. No caso, a moça do celular.

Mas calma, a coisa não parou por aí, porque Joaquim ficou bravo com a minha escolha e levantou gritando “VOCÊ NÃO É MAIS MINHA AMIGAAAAAA!!!”.

Pausa2: Todo mundo olha, todo mundo julga, todo mundo pensa uma maldade. Fim da pausa2.

E para encerrar, usei meu último recurso antes de pirar, de ficar “mucho loka”, de mandar um “crazy”. Chamei o segurança do shopping e perguntei: – Moço, pode se jogar neste chão? E ele, polidamente, respondeu: “Não senhora, não pode”.

Viu Arnaldo, não pode!!! rs.

Trilha de hoje é de uma moça que ficou muito “loca” com o jogo Espanha e Brasil ;]

Erro de gravação

Eu: – Má, Joaquim se jogou no chão do shopping hoje.

Má: – Po%^, de novo?

Eu: – Sim.

Má: – Isso passa?

Eu: Bom, eu não me jogo mais.

FIM

Não perca o próximo episódio de Fragmentos da Vida Materna, a primeira postnovela materna brasileira!

fabiana-deziderio

A Fabi chegou no finalzinho de 2011 e emprestou para nós sua filosofia de vida e de maternidade: se tudo mais falhar, ria de si mesma! Ela é mãe do Joaquim, fundadora da postnovela “Fragmentos da Vida Materna” e gerente da plataforma Mulher & Mãe.

Deixe o seu Comentário


  • Cris Mattos

    No caso da Izabel, ou ela fica com pena da moça da limpeza ou acha q a moça não limpa direito!
    Izabel não se joga, ela se esfrega, se arrasta (pro meu total desespero e vergonha).
    Não sei o que é pior, quando ela simplesmente se joga, se soltando das minhas mãos (o que me faz uma mãe “frouxa”) ou quando ela fica pendurada me dando a mão, parecendo aqueeela “minhoca eletrica” (lembra, Fabi? rs) acabando de ferrar com a minha coluna (e minha paciencia tbm!)
    Espero ANSIOSAMENTE pela passagem desta fase de “mierda”! rs

    Bjo


Editoriais em Destaque

Estou grávida

30 de janeiro de 2013

Um par de sapatinhos entregue cuidadosamente para o pai é a cena que representa o momento do "estou grávida". Mas, na vida real a coisa é um pouquinho diferente e pra ser sincera é bem mais legal! Conheça a

O que levar na bolsa do bebê

14 de outubro de 2013

Uma lista completa de itens que precisam ser levados nos passeios

Festa infantil em casa ou em buffet?

2 de setembro de 2013

Conheça as vantagens e as desvantagens de cada opção

Como guardar as memórias em espaços pequenos

13 de maio de 2013

Você precisa de ajuda para organizar as memórias de seu filho? Então, dá uma olhadinha neste post, ele está cheio de dicas.

Galeria Mulher e Mãe