Depois / Maternidade Real

Dia das Mães: qual o papel da escola nessa festa? Uma reflexão sobre o Dia das Mães (e dos Pais) comemorado nas escolas Carolina Longo

28 de abril de 2011

Dia das Mães: qual o papel da escola nessa festa?

Será que o Dia das Mães (e dos Pais) deve ser comemorado na escola?

Está chegando o Dia das Mães, oba! Nessa época do ano, todo mundo lembra da gente, as empresas nos dão descontos, a gente vira o centro das atenções! E em meio a tantas comemorações, eu recebi o convitinho para a festa da escola dos meus filhos. Mais um sábado que eu vou acordar cedo, arrumar eles bonitinhos, me amontoar na quadra da escola, ver eles cantando e fazendo corações com as mãos, tirar 200 fotos, chorar e falar para eles que foram os mais lindos da turma!

Mas enquanto sábado não chega, queria convidar todos vocês, pais, para uma reflexão e questionamento sobre festas comemoradas na escola.

Eu sou uma mãe babona. Nunca perdi uma festa, fotografo tudo, me emociono… Mas não vou mentir: eu fico bem incomodada com a situação. Explico: eu sou radicalmente contra festas do Dia das Mães e dos Pais serem comemoradas nas escolas. Essas são comemorações familiares, e por isso devem ser celebradas em casa, com a família.

Existem duas razões fundamentais para o meu incômodo:

A primeira é o fato de que as famílias mudaram. Está cada vez mais comum famílias constituidas por duas mães ou dois pais, famílias de mães solteiras, de pais viúvos e – meu caso – famílias aonde os pais se separaram e casaram novamente. Cada situação dessas é única e especial, e deve ser tratada pela família. Fazer festas padronizadas, na minha opinião, pode causar um constrangimento desnecessário.

Para os meus filhos é muito natural o fato de eu não ser casada com o pai deles. Eles nem se lembram de nós dois juntos. Para eles, essa é a única realidade que conhecem. E mesmo assim, eles ainda têm conflitos na cabecinha, que se manifestam em gestos, comentários… Nas sutilezas do dia a dia.

Por exemplo: por mais que eu goste muito da esposa do meu ex-marido, incentive o relacionamento dela com as crianças, eles já me perguntaram: “se eu gostar dela você vai ficar triste?” Claro que eu falei que não, que eu gosto muito dela e tals. Mas eu entendo: eles têm apenas 4 anos e entender as relações e sentimentos desse mosaico deve ser bem complicado para eles.

Quando chega Dia dos Pais então, é ainda mais complicado: eu me casei novamente e o padrasto é muito participativo na vida deles, até pelo convívio diário. Eles sabem que ele não é o pai, não chamam ele de pai. Quando falam dele, se referem como “Pai 2″ ou “Pai do coração”. Daí que a escola deles pede para fazerem uma colagem do presente perfeito do papai, mandam uma lembrancinha pro pai, perguntam para a criança: qual o nome do seu pai? E não estão preparadas para crianças que não têm pai, ou que tem 2 pais.

Antes de me casar, eu nunca ia nas festas para eles não serem os únicos sem o pai ali assistindo. Mas de qualquer maneira, eles participavam de ensaios e preparativos, e no dia o pai não estava lá.

E isso me leva a minha segunda razão para me incomodar com essas festas.

Não é tão grave quanto a primeira, mas eu acho um grande absurdo o tempo que se perde em ensaios. Eu pago uma verdadeira fortuna na escola deles e ao invés de estarem aprendendo, desenhando, fazendo alguma atividade, gastam uma hora diária repetindo feito papagaios uma música que sequer entendem. Faz 2 meses que meus filhos vão diariamente para a quadra ficar cantando Beatles. Beatles, gente!!!!

Eu admito que é lindo, que é a coisa mais fofa do mundo, mas poxa…  Não sejamos egoístas, vamos pensar no dia deles. Eu preferiria saber que eles estão correndo, suando, se divertindo do que fazendo algo simplesmente para me agradar por 15 minutos…

Concluindo, eu entendo que as escolas querem agradar os pais, que fazem na melhor das intenções, mas será que esse papel é da escola?

Convido vocês para um debate e reflexão. Que tal?

Deixe o seu Comentário



Editoriais em Destaque

Dicas para desfralde

29 de janeiro de 2013

Conheça as dicas das mães que já passaram pela fase do desfralde

20 formas de usar o lenço umedecido

4 de novembro de 2013

As funções desse produto vão muito além da higiene do bebê. Você vai se surpreender

Livros infantis para cada idade

10 de dezembro de 2013

Sugestões de histórias e dicas para incentivar a leitura desde cedo

Dicas de vídeos para as crianças

4 de março de 2013

As maiores especialistas no assunto (as mães) contam pra nós quais são os vídeos prediletos dos pequeninos e o resultado é uma lista que garante a diversão da meninada.

Galeria Mulher e Mãe