De mãe para mãe / Depois

Festa de aniversário na escola Festejar no colégio é um jeito de economizar e garantir a farra dos pequenos Loreta Berezutchi

23 de julho de 2013

Festa de aniversário na escola

Vamos festejar na escola!

Eu sempre faço festa de aniversário para as crianças! Mesmo a de 1 ano, que muita gente diz ser bobeira, eu fiz questão de fazer. Planejo, decoro, cozinho compro feito, convido a família, fotografo, filmo… Gosto de festa feita em casa, com toda a família envolvida, muitas lembranças e brincadeiras.

Acontece que, com 2 filhos, são 2 festas por ano, e a brincadeira começou a ficar cara! Não dá pra fazer festa pra um e não fazer pra outro e, mesmo quando eu cortava a lista e enxugava o orçamento ainda saia um preço que eu não podia pagar! Este ano parecia tudo perdido! Achei mesmo que o Pedro ficaria sem festa, já que ele completa 6 anos no mês que vem, e eu ainda não me recuperei totalmente do baque financeiro que sofremos no ano passado.

Foi então que me lembrei da festa na escola! Na escola anterior dele a festa era uma feeeesta, você podia mandar decoração, bolo, brigadeiro, brincadeiras, lembrancinhas e toda a parafernália da moda das festas infantis, o que era muito bacana, mas na prática, não significava economia. Nesta escola nova as regras são outras!

Aqui, a festinha tem apenas a duração do intervalo do lanche (20 minutos), não é permitido enviar decorações, balões, bolos, docinhos e refrigerantes, apenas um lanchinho mais especial para a classe e eles comemoram lá dentro. A classe do Pedro tem apenas 15 alunos, ou seja, economia!

Vou personalizar marmitinhas de lanches com o tema que ele me pediu (Os Vingadores) e criar uns kits herói (máscara e capa) para distribuir para a criançada, a festa na escola tem um PLUS que eu acho que pra ele é o mais bacana: os amigos já estão todos lá!

E como a família (no caso eu e o maridus) não pode participar, a professora se encarregou de fotografar tudinho pra mim e daí, no dia mesmo do aniversário eu vou fazer um bolinho em casa para os pais e os avós. Festejar é bom demais, né? As melhores memórias que eu tenho da minha infância são de festinhas caseiras, bem simples, mas cheias de alegrias!

Pode parecer bobeira minha, mas a minha cabeça de mãe já estava aqui confabulando os conflitos que o meu filho teria na vida adulta se não tivesse uma festa de aniversário de 6 anos! Toda mãe é doida assim ou é só comigo? Será que um dia passa? Rs.

PS.: Quer saber o que providenciar para fazer a festa do seu filho na escola? Confira as dicas das maiores especialistas no assunto, as mães.

loreta_interna

Paulistana que já morou no Recife, geminiana sempre em busca de informação. Loreta é apaixonada por filmes, livros, internet e Doritos com Cheddar. Mãe do Pedro e da Cacá, descobriu que escrever sobre o seu amor é a sua verdadeira e maior paixão. Loreta escreve o blog Bagagem de Mãe.

Deixe o seu Comentário


  • Lidyane Barros

    muito bom seus comentários….eu tbm sou assim….pena que meu marido não entendi..rsrsr….estou preparando uma festinha na escola para minha filha que vai fazer 6 anos….e já estava ficando super preocupada….pois com a grana curta fica mais dificil


Editoriais em Destaque

Livros infantis para cada idade

10 de dezembro de 2013

Sugestões de histórias e dicas para incentivar a leitura desde cedo

Festa infantil em casa ou em buffet?

2 de setembro de 2013

Conheça as vantagens e as desvantagens de cada opção

Dicas para desfralde

29 de janeiro de 2013

Conheça as dicas das mães que já passaram pela fase do desfralde

Mãe: oito razões para conquistar esse título

25 de julho de 2013

Mulheres revelam por que ser mãe foi a melhor coisa que aconteceu em suas vidas

Galeria Mulher e Mãe