Depois / Maternidade Real

Mãe monotemática Quando a vida pós-filhos parece não ter outro assunto a não ser eles mesmos Carol Baggio

15 de agosto de 2013

Mãe monotemática

Filho é tipo o sol: vira o centro do universo dos pais

Eu estava olhando minha timeline no facebook e levei um susto: 99% das minhas postagens são sobre a maternidade. De repente, me caiu a ficha: virei uma mãe monotemática!!! Talvez pra quem tem me acompanhado desde o nascimento da Nina e agora, com a gravidez do Bento, esse processo já esteja bem explícito – mas confesso que, apesar de dedicar muito tempo e disponibilidade para meus filhos, não achei que a coisa estava assim, tão escancarada.

Engraçado que eu sempre continuei trabalhando depois da maternidade, e tenho outros interesses além das crias. Ok, ok, confesso que não tenho ido ao cinema, teatro, bares, essas coisas que eu fazia quando era solteira e baladeira antes de ser mãe, mas deixo de ir pelo simples motivo de não ter com quem deixar a pequena (família longe tem essa desvantagem).

Ah, claro, também assumo que minhas leituras estão, há um tempo, mais voltadas ao universo infantil (depois que a Nina completou 2 anos, me foquei em livros sobre desenvolvimento, disciplina, essas coisas. E agora, pro Bento, sobre partos humanizados). Bom, isso quando eu consigo ler, né? Porque levo o livro pra cama e depois de 2 páginas já estou roncando dormindo como uma princesa.

Ah, sim, mas tem o papo com as amigas. Bom, a maioria também é mãe, e quando conseguimos nos encontrar, acabamos sempre falando sobre… filhos! Mas as amigas do face… hum, dei uma olhada nos meus grupos, a maioria sobre maternidade, filho, alimentação infantil.

Será que fui abduzida para uma área do planeta Terra onde só se fala sobre maternidade? Um compartimento secreto no subsolo, onde a senha pra entrar é “introdução alimentar x amamentação prolongada”? Meu Deus, já pronunciei essa frase antes, vai ver que foi isso…

Fiquei tão encafifada que corri pra olhar no espelho (só dava pra ser no do banheiro, porque estamos pintando a casa – sabem como é, grávida adora uma reforminha #éomeujeitinho). Aparentemente era eu mesma. Joguei uma água na cara, só pra ver se saia do transe materno refrescar, e sim, era eu. Ufa, pelo menos por enquanto, estou a salvo. Até que a filha grita “mamããããe” e sou hipnotizada novamente!

E vocês, como encaram a maternidade? Os filhos viraram o centro das atenções de seus assuntos?

carol_interna

Jornalista de Campinas que, apesar de morar desde 2002 em São Paulo, continua puxando o erre. Carol vive de dieta e adora protetor solar com base. Libriana, acha que é uma pessoa um pouco indecisa, talvez. “Amasiada” com o André, mãe da Nina e autora do blog Nina Ensina.

Deixe o seu Comentário



Editoriais em Destaque

Amamentação: somos mais que um par de peitos

2 de dezembro de 2013

No momento mais sensível, temos que tomar uma decisão: amamentar ou não

Dicas para desfralde

29 de janeiro de 2013

Conheça as dicas das mães que já passaram pela fase do desfralde

O que levar na bolsa do bebê

14 de outubro de 2013

Uma lista completa de itens que precisam ser levados nos passeios

Como guardar as memórias em espaços pequenos

13 de maio de 2013

Você precisa de ajuda para organizar as memórias de seu filho? Então, dá uma olhadinha neste post, ele está cheio de dicas.

Galeria Mulher e Mãe