Depois / Maternidade Real

Papai Noel existe? Mais cedo ou mais tarde, o dia dessa pergunta vai chegar em sua casa Denise Freitas

12 de dezembro de 2013

Papai Noel existe?

Não existe resposta certa ou errada, apenas a adequada para cada família.

Na minha casa, sim, Papai Noel existe! Mas essa resposta varia de casa em casa, já que não existe certo ou errado, apenas o adequado àquela família.

Não quero aqui falar do apelo comercial desse personagem, que concordo, é abusivo. Também não tenho intenção de discorrer sobre consumismo desenfreado que infelizmente é o que mais vemos nesta época. Tampouco da americanização cultural de um personagem que não tem muito a ver com o nosso Brasil ensolarado.

Neste post, eu quero falar da minha visão sobre a magia do imaginário. Sempre fui muito lúdica. Quando pequena, a minha imaginação trabalhava praticamente 24 horas por dia. Era capaz de criar histórias – como a de que a Branca de Neve estava na minha casa, fazendo lição comigo – e, pasme, acreditar nela.

Não precisava de um tema ou de uma data para deixar a minha imaginação fluir. O Natal era só mais uma dessas magias da minha cabeça. Lembro-me de um ano em que vi, com o olhar mais puro e sincero de uma criança, o Papai Noel em seu trenó voando pelo céu. Não precisei de ninguém para me dizer se ele existia ou não, eu o tinha visto e era o que bastava.

Cresci assim. Amando o lúdico e o poder da nossa mente de nos trazer momentos de alegria e magia. Por isso, particularmente, não vejo problemas na imagem do Papai Noel e sim na valorização inadequada dada a ele, que não deve passar de uma fantasia de criança. Pura, simples e ingênua.

A lembrança da minha infância? É de passeios incríveis no mundo da imaginação e de amigos super pops das histórias infantis. E é isso que eu quero para a minha filha. Que ela sonhe com a Branca de Neve lhe ajudando nas lições ou com o Papai Noel dando um pulinho em sua casa no dia em que comemoramos o nascimento do menino Jesus.

denise-freitas-2.png

A jornalista Denise Freitas é agitada, estabanada e dona de uma risada inconfundível. Além de crianças, é apaixonada por animais, mas confessa ter uma queda por felinos. Casada com o paizão William e mãe da falante Manuela - de 3 anos, procura equilibrar a vida de empresária, mulher, mãe e autora do blog Mamy de Primeira.

Deixe o seu Comentário



Editoriais em Destaque

Dentinhos nascendo: saiba como aliviar os sintomas

21 de outubro de 2013

Mães dão dicas preciosas para você passar ilesa por essa fase

Dia das crianças: que tal fazer coisas simples?

7 de outubro de 2013

Brincar, abraçar, cozinhar e até mesmo não usar o celular são agrados que, para muitos, valem mais que um presente

Socorro, meu filho não quer fazer inalação!

20 de dezembro de 2013

Essa hora costuma ser traumática? Então, dê uma olhadinha em nossas sugestões

Estou grávida

30 de janeiro de 2013

Um par de sapatinhos entregue cuidadosamente para o pai é a cena que representa o momento do "estou grávida". Mas, na vida real a coisa é um pouquinho diferente e pra ser sincera é bem mais legal! Conheça a

Galeria Mulher e Mãe