Depois / PostNovela

Rodízio de pizza Que boa ideia para quem está de dieta ;) Fabiana Deziderio

8 de outubro de 2013

Rodízio de pizza

A gente come que se acaba e depois passa o resto da semana sentindo uma culpa enorme

Atenção para o top de 5 segundos: 5 – Já vai começar “Rodízio de pizza”. 4 – Você já experimentou uma saia estranha? 3 – Daquelas que têm um elástico do inferno na cintura?  2 – Não sabe nem do que estou falando? 1 – Então, clique aqui.

No ar: Episódio 11 (CORRE)!!!

Apenas para contextualizar, quero iniciar este capítulo com um pequenino e necessário flash back.

Eu: – Má, preciso ficar de olho no que estou comendo, não quero engordar tudo novamente.
Má: – Ok, eu te ajudo.

Voltemos para o tempo real. É fim de semana e precisamos promover algo interessante para Kakim. Eis que surge a ideia: ele amaria ir a um rodízio de pizza. Começamos a viajar na história. O forno, o preparo da massa, as pessoas, os garçons e a oferta. Sim, seria bem divertido para a criança. Então, fomos.

A cena de um monte de gente comendo feliz impressiona o moleque e entre conversas e brincadeiras um “sim” para os diferentes sabores que passam por nossa mesa. A diversão acontece, de vez em quando Joaquim pede para ir embora, mas a interação é boa e estamos conseguindo contornar a situação.

Passado um bom tempo, Kakim apresenta ares enfadonhos. Decidimos portanto que era hora de virar o triângulo para as opções doces. Hummm… Pizza prestígio, de brigadeiro, romeu e julieta. Garçom, mais um refrigerante “light”, por favor?

Então, fechamos a conta. Aliás, duas: uma do restaurante e outra da quantidade absurda de calorias ingeridas. Foi aí que senti uma rocha caindo sobre minha cabeça, ou melhor sobre o estômago. Lembrei do diálogo do flash back e sofri em conchinha. Por que eu faço isso? Por que?????????? AHHHHHHHHH (esse é meu grito de sofrimento).

Meu mundo acabou parcialmente, até porque mãe não tem muito tempo pra sofrer e prometi que o dia seguinte seria diferente. Mas, tinha pavê de chocolate na casa da sogra e o resto da história você já sabe qual é! :)

Trilha para a postnovela de hoje:

Erros de gravação:

Eu: – Joaquim, deixa a mamãe escrever?
Kakim: – Tá “noendo” meu dedinho, “quelo” gelo.
Eu: Que gelo? Deixa eu ver o dedo…
Kakim: Tá “noendo”, tá “noendo”, tá “noendo” (falou isso umas 15 vezes como um disco arranhado).
Eu: – Passei uma pomadinha e ele pulou para meu colo, encostou e dormiu. E é com um moleque nesta posição que estou digitando esta postnovela materna brasileira. :/ FIM

autor_fabiana.jpg

A Fabi chegou no finalzinho de 2011 e emprestou para nós sua filosofia de vida e de maternidade: se tudo mais falhar, ria de si mesma! Ela é mãe do Joaquim, fundadora da postnovela “Fragmentos da Vida Materna” e do Mãenicômio, e gerente da plataforma Mulher & Mãe.

Deixe o seu Comentário



Editoriais em Destaque

Livros Infantis para pais e filhos

29 de janeiro de 2013

Livros infantis estimulam a imaginação e são uma excelente atividade para pais e filhos.

Mensalão: entenda de forma fácil esse escândalo

4 de julho de 2013

Um texto feito para você compreender o cenário político do país onde criamos nossos filhos

Dicas para desfralde

29 de janeiro de 2013

Conheça as dicas das mães que já passaram pela fase do desfralde

20 formas de usar o lenço umedecido

4 de novembro de 2013

As funções desse produto vão muito além da higiene do bebê. Você vai se surpreender

Galeria Mulher e Mãe