Depois / Maternidade Real

A sinceridade das crianças De repente eles soltam aquela frase constrangedora. É, ser mãe também é passar um pouco de vergonha. Denise Freitas

19 de dezembro de 2013

A sinceridade das crianças

Tem horas que queremos nos enfiar no primeiro buraco da rua, rs.

Quem nunca ficou corada com um comentário sincero – porém inapropriado – de seu filho, que levante a mão.

Há uns meses estamos passando por isso aqui em casa. Com frases e questionamentos cada vez mais complexos, Manuela definitivamente está naquela fase onde não há limites para suas colocações.

Eu já entendi que de nada vale as bochechas vermelhas e o sorriso amarelo. Enfim, as pessoas entendem né? Se não, jogo para o universo e vamos em frente.

Com a minha pequena, passamos por momentos de desmentidas mentirosas. Sabe como é?

Funciona assim: eu comento algo que ela falou e ela na mesma hora diz que não falou nada daquilo. Ou eu falo que ela não gosta de tal coisa e ela, novamente, diz que gosta sim.

Além disso, agora ela passou a associar pessoas à personagem de histórias infantis. Há uns meses fomos à festa da filha de uma amiga. Ao ver a mãe da menina, que é alta e estava de coque e toda maquiada, a pequena me solta:

- Mamãe, ela parece a bruxa da branca de neve!

Esses dias, ao entrarmos no restaurante, ela avistou uma moça com os cabelos exageradamente vermelhos (estilo papel crepom, sabe?) e não teve dúvida. Com o dedão apontando para a menina e fala em alto e bom som (sim, porque o volume é algo que, além da sinceridade, ela não aprendeu a controlar): É a Pequena Sereia – pausa para o sorrisinho amarelo.

Isso sem contar a resposta curta e grossa que deu esses dias para sua Bisa, que tem um jeitinho um pouco truculento de lidar com o afeto da bisneta: – Vem cá, você não gosta de mim não? – NÃO

E assim vamos maternando, nos envergonhando e amarelando por aí. Como diz uma amiga, bora receber e guardar com carinho.

E vocês, andam “rubrando” por aí?

denise-freitas-2.png

A jornalista Denise Freitas é agitada, estabanada e dona de uma risada inconfundível. Além de crianças, é apaixonada por animais, mas confessa ter uma queda por felinos. Casada com o paizão William e mãe da falante Manuela - de 3 anos, procura equilibrar a vida de empresária, mulher, mãe e autora do blog Mamy de Primeira.

Deixe o seu Comentário



Editoriais em Destaque

Mãe: oito razões para conquistar esse título

25 de julho de 2013

Mulheres revelam por que ser mãe foi a melhor coisa que aconteceu em suas vidas

Festa infantil em casa ou em buffet?

2 de setembro de 2013

Conheça as vantagens e as desvantagens de cada opção

Deixe o sentimento político renascer

21 de junho de 2013

Você quer entender melhor o momento político pelo qual estamos passando? Então, dê uma olhadinha neste post! Ele explica de um jeito fácil e acessível a situação atual de nosso país.

Livros Infantis para pais e filhos

29 de janeiro de 2013

Livros infantis estimulam a imaginação e são uma excelente atividade para pais e filhos.

Galeria Mulher e Mãe