De mãe para mãe / Durante

Moda para grávidas Gaste pouco e monte um guarda-roupa básico durante a gestação Loreta Berezutchi

14 de agosto de 2013

Moda para grávidas

Sinta-se linda com seu barrigão de grávida!

Que atire a primeira pedra a mulher que nunca parou diante de seu guarda-roupa com o triste dilema: “o que vestir?”

E durante a gravidez? A não ser que você seja a duquesa de Cambridge, Kate Middleton, e tenha à disposição grifes, estilistas, assessores e muita grana, aposto que você vai sentar na frente do armário e perder algumas horas a mais com esse dilema feminino.

Antes de sair por aí comprando tudo quanto é peça de roupa própria para gestante (que por vezes são muito caras), preste atenção nestas dicas de moda para grávidas:

As dicas

  • Não compre roupas dois números maiores, elas não vão ficar bacanas pelo simples motivo de que você não está gorda, está gravida. A forma do corpo é diferente, por isso roupa para grávida é roupa para grávida, não apenas roupas comuns aumentadas;
  • Invista em peças que sejam coringas, que combinem entre si. Assim você não perde muito tempo pensando no que combina e no que não combina;
  • Se você não abre mão de um jeans, opte por um daqueles especiais para grávidas. Normalmente, eles possuem elástico na barriga e vão crescendo junto com ela. Assim, podem ser usados durante toda a gravidez e depois dela também, já que o corpo vai demorar alguns meses para voltar a caber no seu jeans normal;
  • Na hora de comprar as peças, pense em roupas que poderão te acompanhar para depois da gravidez. Isso serve para vestidos, camisas, saias etc;
  • Se você não trabalha fora, não vai precisar pensar muito para se vestir e nem de peças tão sofisticadas, mas também não vale andar pela casa com o moletom do marido, né? Isso detona a autoestima de qualquer um!

Dá uma olhada nesta lista de peças básicas e essenciais que podem te acompanhar durante os 9 meses e depois que o bebê já tiver chegado:

Peças básicas

  • 04 leggings  de texturas e cores variadas. Aposte nas básicos (preta, marrom, jeans; fuja das brancas!);
  • 04 camisetas de manga curta. Você pode comprar aquelas lindas com estampas especiais para grávidas ou camisetas comuns mais larguinhas;
  • 02 camisas de botões ou transpassadas. Você vai usar durante a gravidez e vai conseguir usar para amamentar depois. Na hora de comprar, preste atenção: com os seios cheios de leite é normal que o número da camisa aumente, experimente sempre;
  • 02 blusas mais arrumadinhas para festinhas e eventos;
  • 02 vestidos longos. No verão, você usa com rasteiras, no inverno, joga uma jaqueta por cima e tá pronta! Sem contar que são super confortáveis;
  • 02 jaquetas ou casacos, para o caso de estar frio;
  • 02 camisolas ou pijamas para grávidas. Dê preferência aos que possuem abertura frontal, assim você pode usar durante a amamentação também;
  • 01 sapatilha neutra;
  • 01 rasteirinha aberta;
  • 01 sapato de salto médio para o caso de um evento mais chique.

Não esqueça das roupas de baixo. Sutiãs de amamentação e calcinhas mais altas e confortáveis podem ser usadas durante a gestação e no pós-parto.

Outra dica bacana é apostar nos acessórios para diversificar as peças e não parecer que você está sempre com a mesma roupa. Se você estiver grávida no inverno, aposte em cachecóis, lenços e echarpes que podem te manter quentinha e ser usados sempre.

Cintos, maxi colares, pulseiras, acessórios de cabelo e outros também dão vida e cor a um look comum. As grávidas que trabalham fora podem acrescentar à lista pelo menos 03 calças mais formais (se for uma regra do seu local de trabalho) e 02 vestidos longos ou médios para não repetir a roupa de trabalho.

Logo depois do nascimento do Pedro, eu não via a hora de voltar a usar as minhas roupas de antes e abandonar as roupas “de grávida”. De qualquer forma, eu guardei todas as peças numa mala, para o caso de eu engravidar novamente, o que acabou acontecendo. Daí não precisei investir muito mais em peças de roupas.

Eu sou super chegada num brechó, adooooro garimpar boas peças em brechós de qualidade. Durante a gravidez, meu garimpo foi no armário das amigas e parentes que já tinham filhos mais velhos, o que me rendeu uma boa economia e peças vintage lindas e que eu amo.

A gravidez é um momento tão único, tão especial, tão mágico que merece que nos sintamos especiais, seja com a roupa que for. Não permita que o armário estrague seu momento. Curta muito, pois você vai sentir saudades, acredite! ;)

loreta_interna

Paulistana que já morou no Recife, geminiana sempre em busca de informação. Loreta é apaixonada por filmes, livros, internet e Doritos com Cheddar. Mãe do Pedro e da Cacá, descobriu que escrever sobre o seu amor é a sua verdadeira e maior paixão. Loreta escreve o blog Bagagem de Mãe.

 

Deixe o seu Comentário



Editoriais em Destaque

Dicas de vídeos para as crianças

4 de março de 2013

As maiores especialistas no assunto (as mães) contam pra nós quais são os vídeos prediletos dos pequeninos e o resultado é uma lista que garante a diversão da meninada.

Livros infantis para cada idade

10 de dezembro de 2013

Sugestões de histórias e dicas para incentivar a leitura desde cedo

20 formas de usar o lenço umedecido

4 de novembro de 2013

As funções desse produto vão muito além da higiene do bebê. Você vai se surpreender

Conselhos para quem vai ter um bebê

25 de fevereiro de 2013

A primeira viagem de uma mãe é inesquecível, mas ela é sempre envolvida por amor, dúvidas e um bocadinho de ansiedade. Então, para te ajudar, perguntamos para algumas mamães que já estão na estrada, que conselhos elas dariam. Vamos?

Galeria Mulher e Mãe