De mãe para mãe / Antes

Dicas de como abrir um negócio próprio Saiba como fazer uma rendinha extra Mulher & Mãe

11 de novembro de 2013

Dicas de como abrir um negócio próprio

Mulher & Mãe apoia a Semana Global de Empreendedorismo.

A licença-maternidade acaba e a dúvida sobre voltar ou não a trabalhar geralmente aparece. É mesmo difícil para nós, mães, delegar os cuidados dos pequenos para outra pessoa. E é exatamente nesse momento que surge a seguinte questão: e se eu tiver um negócio próprio, em que eu junte renda + flexibilidade de horário?

Se o bichinho do empreendedorismo começou a te cutucar, não perca tempo! Confira as dicas a seguir, inspire-se e coloque a mão na massa. Vamos lá?

1) Encontre sua paixão

O segredo para o sucesso é fazer o que você ama. Use todo o seu conhecimento e busque inspirações no seu dia a dia para descobrir qual é o seu negócio. É importante ter afinidade com a categoria, pois isso dará ânimo antes, durante e depois. Se você não tem ideia do que quer, preste atenção no elogio das pessoas às suas habilidades. Descubra o que te faz brilhar os olhos!

2) Busque orientação

Não basta só gostar do seu trabalho, você também precisa saber o que está fazendo. Pegue os dedinhos e busque sobre o assunto em sites conceituados.  Não hesite em procurar orientação de órgãos públicos ou privados, como o Sebrae. Muitos deles possuem consultorias gratuitas. Dica importante: mantenha-se sempre atualizada sobre questões financeiras e burocracias para não ser pega desprevenida.

3) Não tenha medo de errar

O caminho de mulheres que escolhem empreender certamente não é o mais fácil, mas vale a pena. Erros e acertos fazem parte da jornada, use-os como material de aprendizagem. Teste sua capacidade de encarar os novos desafios e adaptar-se a eles.

4) Conecte-se com outras empreendedoras

Trocar experiências é fundamental. Conversar com outras mulheres e mamães que também têm seu negócio próprio deixará você mais segura e confiante. Afinal, ouvindo também se aprende. Depois, coloque tudo em prática.

5) Não deixe a família para depois

Após se reinventar no trabalho, tire um tempo para curtir a família. Os instantes de lazer ao lado de quem você ama são fundamentais. No fim do dia, seus filhos sentirão muito orgulho da mamãe poderosa que você é. Vai lá e arrasa!

Aliás, falando em começar algo, queremos dividir uma história muito bacana que está acontecendo em nosso grupo no facebook.

A Silma Matos é uma mulher e mãe ativa. Costureira, havia parado um bocadinho de trabalhar por causa do nascimento da sua filha. Certo dia, ela seguiu um tutorial de saia de tule do Pinterest e colocou o resultado em nosso grupo. Nós, mães do grupo, gostamos tanto do que a Silma fez, que resolvemos incentivá-la a começar um negócio próprio. Estamos acompanhando, em tempo real, o surgimento de uma nova mamãe empreendedora!l

Olha que coisa mais fofa o trabalho dessa mulher e mãe:

 

Dica de ouro!

A Semana Global do Empreendedorismo é o maior movimento do mundo nesse setor, onde acontecem atividades inspiradoras por todo o Brasil durante o mês de novembro. Confira a programação no site ou no facebook.

semana-global-empreendedorismo

Beijos e boa sorte!

Deixe o seu Comentário


  • Silma Matos

    Fiquei emocionada Fabi, mas é bem isso mesmo, fazer algo que gostamos e que depois de pronto vc olha e sente orgulho do que fez, prazer no resultado final… Obrigada pelo apoio.
    Bjs


Posts em Destaque

Imaginação infantil: A Abelha “Pulicial”

24 de maio de 2013

Eles crescem e iniciam um processo muito fofo: inventar histórias e personagens

Limpar a casa de forma rápida…e mágica

31 de maio de 2013

Uma mãe, uma lâmpada, um gênio e uma conversa muito doida! Vem que hoje tem postnovela!

Carol, por mim mesma

17 de abril de 2013

Carol Baggio é a mãe da Nina e vem diretamente do blog Nina Ensina. Ela vai dividir suas experiências de mulher que se rendeu aos encantos da maternidade.

Por onde eu começo a faxina?

14 de outubro de 2013

A casa está uma bagunça e você não sabe como organizar? Nós ajudamos

Galeria Mulher e Mãe