PostNovela /

Relaxe com banho à luz de velas versão materna Não é exatamente um sonho, mas funciona Fabiana Deziderio

26 de novembro de 2013

Relaxe com banho à luz de velas versão materna

O sonho de toda mãe: uma banheira, água quentinha, uma massagem...

Atenção para o top de 5 segundos: 5 – Já já iniciaremos “Relaxe com banho à luz de velas versão materna“. 4 – Você já curtiu hoje a delícia que mora na sua vida? 3 – Curtir mesmo, relembrar os melhores momentos? 2 – Não? Então dê uma olhadinha aqui. 1 – Pega o refresco e vem correndo, vai começar!

No ar: Episódio 77

Um banheiro lindo com ôfuro, uma vista paradisíaca da cidade, velas iluminam indiretamente o ambiente… A água, que está na temperatura perfeita, espera apenas um corpo cansado e de barriga chapada e lisinha (aham, senta lá, Claudia! Rs). Numa mão, o brinde pela vida, na outra, um aceno para… Para… Para… A realidade!!! Tá pensando que a vida é bolinho?

Bora começar este capítulo quebrando tudo!!!

Eu não sei se com você acontece, desconfio que não, rs, mas ando numa fase onde em meu dicionário só constam os sinônimos de cansaço: estresse, stress, esgotamento, exaustão, afronta, canseira, fadiga, fastio, quebreira, sufocamento e por fim, mas não menos importante, “bico do corvo”. Motivos para isso todas nós temos, mas o que piora a minha situação é que meu filho dorme, mas eu não. Sono leve, fraquinho, coisa que me acompanha desde sempre.

Aí fui ao médico, porque, né? Que corpo aguenta? E ganhei um vale sono forçado. Tomei um dia e acordei que parecia o Tonho da Lua… Não falava uma frase com a outra… Que fique claro que não sou contra remédios, é que esse não funcionou para mim. Dorme, mas dorme o dia todo? Aí num dá.

Então, resolvi fazer umas coisinhas básicas para me desligar do dia a dia. E entre essas medidas decidi que um banho com luz de velas seria um bom caminho.

Então,  avisei a turminha do barulho que era para me dar sossego e fui preparar o ambiente, lembrando que não trabalhamos com ôfuro, só com box mesmo. Prepare-se para ver o lado materno, só que não, da coisa toda.

1) Assim que adentrei o box, reparei nos rejuntes do azulejo. Então, a primeira providência foi dar uma pequena esfregadinha. Alô, alô, Dona Pobreza, livrai-me de todo mal, amém.

2) Dei duas respiradas para receber a visita do mascote com um quilo de perguntas: “mãe, como a vela funciona? Como você acende? Posso soprar?”. E começou a entoar o “parabéns pra você…”.

3) Aí já rolou aquele berro: “pega aqui a criança!!!!!!!!!!!!”.

4) O marido pega, mas profetiza: “cuidado com esta “mer%$” para não tacar fogo na casa”.

5) Desligo a bagaça toda, porque, né? Relaxar pra quê? E tenho uma ideia “gênia”. Resolvi jogar a parafina líquida fora e ela se dividiu em três partes: uma parte parou na tampa da privada, uma parte entupiu a pia e a outra secou no chão.

Resultado: parei tudo para fazer uma microfaxina. Palmas para mim!!! Palmas, muitas!!! Como eu consigo? Como? (Editor, colocar um grito silencioso).

E tem mais, foi com emoção. Se o Má visse, reclamaria tanto, mas tanto, que eu não aguentaria. Fiz na calada da noite todos os ajustes para não levantar suspeitas…

O mais irônico, porque isso é uma coisa adjunta à maternidade (a ironia), é que Deus ficou com tanta dó de mim que deu um vale Cinderela. Dormir a noite todinha, todinha mesmo. É nóis!!!

Trilha cheia de espuma para dar o clima:

Não perca o próximo episódio de Fragmentos da Vida Materna, a primeira postnovela materna brasileira!!!

fabianadeziderio_interna.jpg

A Fabi chegou no finalzinho de 2011 e emprestou para nós sua filosofia de vida e de maternidade: se tudo mais falhar, ria de si mesma! Ela é mãe do Joaquim, fundadora da postnovela “Fragmentos da Vida Materna” e do Mãenicômio, e gerente da plataforma Mulher & Mãe.

Deixe o seu Comentário



Editoriais em Destaque

Dicas de vídeos para as crianças

4 de março de 2013

As maiores especialistas no assunto (as mães) contam pra nós quais são os vídeos prediletos dos pequeninos e o resultado é uma lista que garante a diversão da meninada.

Como guardar as memórias em espaços pequenos

13 de maio de 2013

Você precisa de ajuda para organizar as memórias de seu filho? Então, dá uma olhadinha neste post, ele está cheio de dicas.

Mensalão: entenda de forma fácil esse escândalo

4 de julho de 2013

Um texto feito para você compreender o cenário político do país onde criamos nossos filhos

Visita na maternidade: o que fazer

30 de setembro de 2013

Saiba o que fazer e como não agir neste momento delicado - e claro, feliz

Galeria Mulher e Mãe